Category Archives: Musicas

Home / Archive by category "Musicas"

“Foi Shacon que ensinou”

Guga (à dir.) e Shacon Viana (foto Gleds Lima), visita o Projeto Calo na Mão no Colégio Antônio Alves Cruz.

.

Neste último sábado (17), o Projeto Calo na Mão teve como atividade sua 3ª aula no curso de introdução ao maracatu, repassando os baques de marcação e imalê, somados com as convenções. A nova turma é muito dedicada, o conteúdo passado têm sido absorvido com facilidade e os exercícios já tomam corpo de toada.
.
Na oficina aberta, que vai das 15h às 17h, foi puxado o “esquenta” e três loas do Grupo Maracatu Bloco de Pedra. Logo depois, foi pedido as timbas para começar as loas da Nação do Maracatu Porto Rico.
.
Quando Guga começa: “Nagô, Nagô, nossa rainha…” – Shacon Viana, mestre da Nação Porto Rico, entra na quadra do Alves, e Guga continua: “Pra quê puxar a loa, se o próprio mestre da Nação tá aí!”, descreve Flávia Fratin.
.
Foram mais ou menos 7 toadas do Porto Rico puxadas por Shacon ao longo da oficina, dentre elas Na Força do Machado, destaque do carnaval 2012 em Recife entre a Nação. Guga aproveitou e cantou Homenagem ao Shacon, loa composta por Marcio Lozano e O Bloco de Pedra Sou Eu, feita pelo Mestre em retribuição à homenagem.
.

.
Conheça a loa Na Força do Machado no Youtube, clique aqui.
.
As loas Homenagem ao Shacon e O Bloco de Pedra Sou Eu, clique aqui.


Veja um pouco do que rolou no Projeto no último sábado neste filme de Francisco Schuller Isensee, clicando aqui.


Axé!

por Gustavo Nunes

No dia do aniversário: presente!

Pessoal,

no dia 29/02/11 o Grupo Maracatu Bloco de Pedra completa 6 anos! De presente recebemos por email do Felipe Romano do Quiloa, um vídeo do Baque Mulher, grupo dirigido pela Mestra Joana que também dirige o batuque da Nação do Maracatu Encanto do Pina.

.

Vejam o vídeo!

.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RfLHxf8b2RY&feature=related[/youtube]

Maracatu em Escola de Recife

Ae galera, vejam abaixo um video de uma oficina de Maracatu de Baque Virado, ministrada pelo Mestre Walter da Nação Maracatu Estrela Brilhante de Recife, se liguem na pegada da criançada:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=oq54UtB5CpI]

em breve mais videos…

O Ritmo do Culto aos Ancestrais

Mais um achado registrado lá no “Buraco do Afonsinho”, como é conhecido o pedaço de Olinda onde hoje fica  a Nação do Maracatu Leão Coroado. Mestre Afonso fala sobre a Religião, as Kalungas, um pouco sobre a história do Maracatu, e a história da Nação que cuida, apresentando um pouco de seu suingue e toque, vale a pena ver e rever.

Salve Mestre Afonso e Salve Seu Lúis de França !

Lembrando o que cantamos todos os Sábados:

“Meu Maracatu chegou
com a força e o poder,
que Mãe África deixou
pra gente se entender”

[googlevideo=http://video.google.com/googleplayer.swf?docid=5056296956620070014]

Letras das toadas

Opa! Faz tempo que estamos devendo um post com as letras de todas as toadas do Bloco. Sempre existem músicas novas na “fila de espera” aguardando para fazer parte do nosso repertório, mas abaixo seguem apenas as que já executamos.
Quase todas foram feitas para o Bloco de Pedra, mas existem algumas exceções como Ó Pai, tocada anteriormente pelo grupo Batuntã e pelo grupo Viralatisse, além de Homenagem ao Chacon e Vem Subindo a Ladeira, compostas inicialmente para o grupo Viralatisse.

Por ora é só, se alguém perder esse post de vista ele estará na categoria Letras de Toadas.

Abs!

Amarelo Ouro
(Marcio Lozano)

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Homenagem ao Chacon
(Marcio Lozano)

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Lá em casa
(Marcio Lozano)

Lá em casa eu faço bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu toco bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu deixo a porta
sempre aberta é só chegar!
Com humildade, respeito e
coragem pra ficar.

Lá em casa eu canto a história
que negro viveu um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Mãe África (Meu Maracatu chegou)
(Marcio Lozano)

Meu Maracatu chegou
pra arrastar a multidão.
Tem a força do tambor,
feito prece e oração.

Meu Maracatu chegou
com a força e o poder,
que Mãe África deixou
pra gente se entender.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Menina da Saia Rodada
(Vinicius Pereira)

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Nossa Bandeira
(Marcio Lozano)

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Hasteada no topo do Ilê.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Lá no alto do Ilê.

O Bloco de Pedra Sou Eu
(Chacon Viana)

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Quando eu toco o tambor
é pra todos dançar,
no baque parado
das ondas do mar.

Foi o Mestre Shacon
quem pediu pra tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

Oleruê, Oleruá!
(Marcio Lozano)

Oleruê, oleruá!
Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

É de baque virado,
essa loa!

É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Voz dos antepassados que ecoa!
É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Ó Pai
(Vinicius Pereira)

Ó Pai hoje eu peço ao senhor!
Ó Pai hoje eu peço ao senhor!

Proteja o meu Maracatu,
proteja o meu Maracatu.

Que é de baque virado,
vem pedir proteção.
Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Raiou o Sol
(Marcio Lozano)

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Vem Subindo a Ladeira
(Marcio Lozano)

Vem subindo a ladeira, vem lá!
Vem subindo a ladeira, vem lá!

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

Maracatu Leão Coroado (Vídeo 1987)

Não faz muito tempo pesquisando na internet achei um vídeo sobre o Maracatu Leão Coroado, filmado em 1987. Entre outras coisas tem muitas falas do Mestre Luis de França, uma das pessoas de grande importância no que diz respeito ao Maracatu Nação.
O vídeo foi publicado por Wagner Simões e tem duração de 18min.

Confiram!

[googlevideo=http://video.google.com/videoplay?docid=-8142121220796768253]

Recordar é viver ou como tudo começou

Não faz muito tempo eu estava procurando videozinhos antigos sobre o projeto, hoje por acaso (mentira acaso não existe…), descobrir que o Vinão postou no mês passado 3 vídeos antigos.

O primeiro fala do Projeto Calo na Mão, 2002 talvez, o segundo e o terceiro são da oficina de percussão e do Viralatisse, que na época se misturavam/confundiam. Confesso que fiquei ligeiramente envergonhado (rsrs), mas é bacana porque dá pra ver como as coisas começaram e principalmente como melhoraram. Confiram!

[youtube=http://br.youtube.com/watch?v=lWGm2AQx1EM&feature=related]

[youtube=http://br.youtube.com/watch?v=AzZHRkSM8Hs]

[youtube=http://br.youtube.com/watch?v=JHGsnVsLoMo&feature=related]

Relatos de Viagem

Gente feliz, gente muito feliz! Esta é a impressão que guardei da I Convenção do Bloco de Pedra. Pra quem foi, a viagem despensa comentários, pra quem não foi tem muita coisa pra escutar! Daqui a pouco (rapidinho mesmo!) coloco aqui neste post algumas fotos e alguns audios, por hora deixem aqui seus comentários e impressões.

******** Opa! Conforme tinha prometido abaixo segue o link para as fotos tiradas pelo Ernani e algumas das toadas que gravei com o gravadorzinho de mão (obrigado ao Claudio que emprestou o gravador).

Continuem deixando seus recados e impressões!

Musicas: clique nos nomes e ouça as músicas:

Mãe África

Nossa Bandeira

Menina da Saia Rodada

Ó Pai

Vem Subindo a Ladeira

Amarelo Ouro

Oleruê, Oleruá

Sou eu, Sou eu

Esse é Bloco de Pedra e o Projeto Calo na Mão

Hoje tem Maracatu

Eu Já Vi

Você também pode baixar todas as musicas clicando aqui

Fotos

Clique aqui para ir ao Flickr e ver todas as fotos da viagem tiradas pelo Ernani

E por fim algumas das fotos do Ernani só  pra dar um gostinho!

Pela cidade esta semana

Vários grupos se apresentarão pela cidade nesta semana, e aqui seguem três dicas bacanas:

Hoje 18/11 o Projeto Coisa Fina faz seu penúltimo show do ano no StudioSP, com repertório em homenagem ao maestro Moacir Santos, além de um bocado de produção própria, começa as 22hs em ponto e é grátis!

Camiranga, já conhecido dos frequentadores do Bloco de Pedra se na Casa das Rosas nessa quinta-feira (20/11) às 20:00h, fica na Avenida Paulista, 37 – Bela Vista. A entrada é franca, e o espaço terá uma programação intensa durante todo o dia, devido ao feriado do Dia da Consciência Negra. Além das Músicas do Cd Camiranga, apresentarão afrosambas e algumas músicas novas, tudo relacionado ao universo negro.

Não deixem de dar uma olhada no MySpece deles pra conferir algumas das músicas.

Cia Caracaxá, se apresenta no dia 21/11 ás 19hrs na Sala Adoniran Barbosa no Centro Cultural São Paulo, rua Vergueiro numero 1000. Eles vão tocar toadas de Maracatu de Baque Virado homenageando as Nações de Maracatu. A entrada custa R$ 5,00.

vinao1

Projeto Coisa Fina

Capa do disco Camiranga

Capa do disco Camiranga

Cia Caracaxá

Cia Caracaxá

Rádio África

Blog Rádio África

Blog Rádio África

Numa conversa por chat hoje a tarde com André Stangl , troquei links e pedi pra ele dar uma olhada por aqui. Ele me mandou o link do Blog Rádio Africa , projeto desenvolvido por ele e outros camaradas. Além das gravações dos programas que rolam ao vivo no rádio e na Web, todo sábado as 19hrs na Rádio Educadora, tem uma relação bacana de videos de música africana, textos e uma lista de links que vale a pena ser vasculhada! Entre eles sugiro Rádio Muximangola , Rádio África- Austrália e National Museum of African Art / Radio Africa & Podcasts . É por estas e outras que acabo de criar duas novas caixas de links aqui, uma dedicada as rádios e outra a África. Valeu André!

About Guardian

All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined an chunks as necessary, making this the first true generator on the Internet. All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined Lorem Ipsum as their default model text, and a search for web sites.