Monthly Archives: abril 2009

Home / 2009 / abril

Virada Cultural 2009 – Apresentação do Bloco de Pedra

Veja abaixo as informações e combinados sobre a apresentação do Bloco de Pedra na Virada Cultural 2009, na madrugada do sábado, dia 02/05, para domingo, dia 03/05.

Virada Cultural 2009 – Apresentação do Bloco de Pedra

Local: Largo São Bento
Horário: 00:30h – 03/05
Duração: aproximadamente 1h.
Percurso: Largo São Bento, Viaduto Sta. Ifigênia, Largo Sta. Ifigênia, Largo Paysandu, Galeria Olido, Vale do Anhangabaú.

Combinados internos – para integrantes do Bloco de Pedra:

Encontro para preparativos no Alves Cruz: às 21:30h
Transporte: iremos todos juntos de Metrô, cada integrante deverá pagar suas passagens. Quem precisar de auxílio, deve falar com Guga.
Figurino: camisetas amarelas e parte de baixo branca (calças ou saias). Para quem ainda não tem sua camiseta amarela, elas serão distribuídas no Alves Cruz, durante os preparativos da apresentação.
Observações Gerais: nos encontraremos no Alves Cruz para realizar todos os preparativos e iremos todos juntos para o local da apresentação, tanto integrantes da percussão como da dança. É importante a ajuda e cuidado de todos os integrantes para com nossos instrumentos, portanto, organizaremos uma lista para registrar que instrumento cada integrante se responsabilizará.
Não teremos camarim no evento, portanto, deixaremos todas as nossas coisas (bolsas, malas e sacolas) dentro da nossa salinha na escola.
Nossa apresentação foi programada para começar e terminar em frente a estação do metrô, portanto, nosso esquema será bem simples: iremos para o Largo São Bento de metrô – local de início da apresentação. No caminho, ao longo da apresentação, faremos uma parada estratégica na Galeria Olido para beber água. Nosso percurso termina, providencialmente, em frente a entrada da estação do metrô pelo Vale do Anhangabaú,  para já nos encaminharmos de volta a escola.
ATENÇÃO – Nosso compromisso termina após o retorno da apresentação ao Alves Cruz, portanto, após a apresentação, iremos retornar a escola, todos juntos, para guardar nossos instrumentos e pegar nossas coisas.

Veja outras informações e compromissos do Bloco de Pedra na nossa agenda.

O Grupo Viralatisse também vai se apresentar na Virada Cultural. A apresentação será realizada no domingo, dia 03/05, às 15h, no CEU Jd. Paulistano, que fica na Rua Aparecida do Taboado, s/n – Brasilandia, tel. 3979.7428. Compareçam!!!

Clique aqui para ver a programação completa da Virada Cultural.

O Ritmo do Culto aos Ancestrais

Mais um achado registrado lá no “Buraco do Afonsinho”, como é conhecido o pedaço de Olinda onde hoje fica  a Nação do Maracatu Leão Coroado. Mestre Afonso fala sobre a Religião, as Kalungas, um pouco sobre a história do Maracatu, e a história da Nação que cuida, apresentando um pouco de seu suingue e toque, vale a pena ver e rever.

Salve Mestre Afonso e Salve Seu Lúis de França !

Lembrando o que cantamos todos os Sábados:

“Meu Maracatu chegou
com a força e o poder,
que Mãe África deixou
pra gente se entender”

[googlevideo=http://video.google.com/googleplayer.swf?docid=5056296956620070014]

Bloco de Pedra – figurino, apresentações e ensaios

Olá integrantes do Bloco de Pedra,
Segue abaixo algumas informações importantes sobre figurino e nossas apresentações. Leiam, pois, além de datas e horários, há um informe de uma nova apresentação:

Figurino – Bloco de Pedra
Estamos providenciando novo figurino. Além de camisetas novas, que serão entregues nos dias de apresentação, estamos providenciando calças e saias brancas, que serão custeadas por cada integrante do grupo. Foram realizadas pesquisas e orçamentos com o intuito de minimizar o valor das calças e saias. Os valores descritos abaixo fazem referencia ao custo do material e produção, que são desvinculados do projeto, ou seja, essa produção não prevê lucros ao projeto ou grupo, é o valor de custo.

Para as calças, os batuqueiros deverão providenciar a aquisição na loja definida e indicada pela Equipe Org (mesa de informações do projeto), afim de obtermos todos o mesmo modelo, padronizando nosso figurino. A calça escolhida apresenta variedade de tamanhos P, M, G e GG, com elástico e cordão na cintura, e bolsos. Teremos, a partir do sábado, 18/04, os modelos disponíveis para a escolha individual do tamanho. Os integrantes já podem levar, neste sábado, seus R$ 20,00 e informar o tamanha desejado. A calça será comprada ao longo da próxima semana e entregue no final de semana seguinte. Precisamos organizar quem são as pessoas que irão compra-las.

Para as saias, será disponibilizada uma ficha técnica, também junto a Equipe Org, onde constam todas as informações do modelo da saia, medidas, endereços das costureiras contratadas, bem como as características do tecido escolhido e as lojas para sua aquisição. Teremos auxílio para a coleta das medidas de cada integrante. Com a ficha técnica em mãos, cada menina deve providenciar a compra do tecido indicado e encaminhá-lo para a costureira contratada. O valor final estimado gira em torno de R$ 30,00.

O corpo de dança está providenciando ornamentos e adereços que diferenciem dos demais. A produção destes acessórios será realizada internamente, no Alves Cruz, a partir deste sábado, dia 18/04, as 13:30hs. Quem quiser mais informações, falem com um dos responsáveis pela dança: Pri Rocha, Aurélio ou Barbara.

Conforme sugerido em conversa dos integrantes do grupo, estamos organizando a arrecadação de verbas para a produção das camisetas, que, a princípio, é oferecida gratuitamente a todos os integrantes do grupo. O custo por camiseta é de R$ 8,00, o que inclui a camiseta e a arte (frente e verso – duas cores). Portanto, sem obrigatoriedade, quem puder contribuir com qualquer valor, maior ou menor ao custo da camiseta, pode entregar o dinheiro para a nossa organização (Equipe Org) a partir deste final de semana.


Apresentações

Circuito Cultural – interior de São Paulo
Local: Paraguaçu Paulista
Data: 09/05
Horário: 20:30h
Duração da Viagem: 6.5 horas
Horário de saída do Alves Cruz: 10h da manhã de sábado, 09/05
Horário de saída – retorno a São Paulo: 10h da manhã de domingo, 10/05
Obs.: como podem ver, teremos estadia e alimentação garantida para todos os participantes. Ficaremos em um hotel na cidade vizinha – Assis. Devido a essas confirmações, assim como a organização do transporte, precisamos informar urgentemente o RG e nome completo de todos os integrantes. Se você ainda não informou, envie email para nossa produção: cacaosousa@gmail.com, ou por telefone: tel. 11.8298.1209.

Caso alguém não possa mais participar, deve informar a desistencia imediatamente à nossa organização (Equipe Org), pois já temos nossa lista completa e ainda há integrantes interessados em participar. Para aqueles que ainda não se inscreveram na lista da apresentação e os futuros integrantes do grupo, que serão batizados em 25/04, terão prioridade nas próximas apresentações de Maio e Junho.

Virada Cultural 2009 – capital
Confirmamos ainda a pouco a participação do Bloco de Pedra na Virada Cultural 2009. Faremos uma apresentação na madrugada de sábado para domingo, no centro de São Paulo. Ao contrario da apresentação do Circuito Cultural, que apresenta limitações de quantidade de participantes frente ao transporte e estadia, para a Virada Cultural não há limite de vagas, portanto, todos os integrantes podem e devem participar.
Data: 02/05
Horário: a confirmar
Logística/horários de encontro e saída do Alves Cruz: será informado em breve.

Ensaios – Bloco de Pedra
Conforme combinado e informado anteriormente, realizaremos dois ensaios gerais para as apresentações, Os ensaios serão realizados nos dias 25/04 e 02/05, durante a Oficina de Percussão, ou seja, dividiremos os horários, sendo que das 15h às 16h, o horário será de livre participação, e posteriormente, das 16h às 17h, a participação será de exclusividade dos integrantes do grupo. Para tal, todos os integrantes devem compareçam com as camisetas amarelas do Bloco de Pedra, afim de visualizarmos melhor a atuação do grupo.

Estamos nos preparando para realizar nossas apresentações da melhor maneira possível. Ajude, participe, se envolva, pois o grupo também é seu.

Letras das toadas

Opa! Faz tempo que estamos devendo um post com as letras de todas as toadas do Bloco. Sempre existem músicas novas na “fila de espera” aguardando para fazer parte do nosso repertório, mas abaixo seguem apenas as que já executamos.
Quase todas foram feitas para o Bloco de Pedra, mas existem algumas exceções como Ó Pai, tocada anteriormente pelo grupo Batuntã e pelo grupo Viralatisse, além de Homenagem ao Chacon e Vem Subindo a Ladeira, compostas inicialmente para o grupo Viralatisse.

Por ora é só, se alguém perder esse post de vista ele estará na categoria Letras de Toadas.

Abs!

Amarelo Ouro
(Marcio Lozano)

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Amarelo ouro,
branco Candomblé…
Quem é que sabe dizer: o que é, o que é!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Pra brincar esse Maracatu,
vem seguindo a multidão.
É mais forte o meu baque virado,
é mais belo o meu pavilhão!

Homenagem ao Chacon
(Marcio Lozano)

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque é lento,
foi Chacon que ensinou.
É chamado o baque das ondas,
assim ele chamou.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Esse baque vem de além mar
foi trazido por Nação Nagô.
Esse baque é de Orixá,
é toque de tambor.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Deixa o tambor ecoar
se espalhar na imensidão,
que esse toque é pra lembrar
a força da tradição.

Lá em casa
(Marcio Lozano)

Lá em casa eu faço bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu toco bombo,
feito negro fez um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Lá em casa eu deixo a porta
sempre aberta é só chegar!
Com humildade, respeito e
coragem pra ficar.

Lá em casa eu canto a história
que negro viveu um dia.

Pra replantar a semente
dessa gente,
gente minha.

Mãe África (Meu Maracatu chegou)
(Marcio Lozano)

Meu Maracatu chegou
pra arrastar a multidão.
Tem a força do tambor,
feito prece e oração.

Meu Maracatu chegou
com a força e o poder,
que Mãe África deixou
pra gente se entender.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Tem um baque que é forte,
que aponta o norte, a nossa intenção…
Tem o rumo da gente
soprado no apito do meu capitão.

Menina da Saia Rodada
(Vinicius Pereira)

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Menina da saia rodada
balança que eu quero ver.
Essa tarde eu bato bombo forte,
só pra te ver!

Nossa Bandeira
(Marcio Lozano)

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

Eu vou subir nossa bandeira
no alto da antena pra mostrar,
onde fica nossa casa,
onde é nosso lugar.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Hasteada no topo do Ilê.

De longe vai dar pra ver.
Bandeira!
Lá no alto do Ilê.

O Bloco de Pedra Sou Eu
(Chacon Viana)

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Sou eu, sou eu,
o Bloco de Pedra sou eu!

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Chega minha gente
pode vir tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

Quando eu toco o tambor
é pra todos dançar,
no baque parado
das ondas do mar.

Foi o Mestre Shacon
quem pediu pra tocar,
no baque parado
das ondas do mar.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

É no baque parado
e no baque nagô,
chega meu povo,
tocando tambor.

Oleruê, Oleruá!
(Marcio Lozano)

Oleruê, oleruá!
Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

Oi se atenta meu povo, se atenta,
pra essa loa que eu vim cantar.

É de baque virado,
essa loa!

É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Voz dos antepassados que ecoa!
É de baque virado,
essa loa!

É de Maracatu…

Ó Pai
(Vinicius Pereira)

Ó Pai hoje eu peço ao senhor!
Ó Pai hoje eu peço ao senhor!

Proteja o meu Maracatu,
proteja o meu Maracatu.

Que é de baque virado,
vem pedir proteção.
Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Vou bater nesse bombo
de ombro marcado,
de rasgo na mão.

Raiou o Sol
(Marcio Lozano)

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e luzes no olhar.
Eu vi nascer um novo dia
de alfaias e vozes a cantar.

Raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Raiou o sol,
ao som do meu tambor
raiou o sol!

Vem Subindo a Ladeira
(Marcio Lozano)

Vem subindo a ladeira, vem lá!
Vem subindo a ladeira, vem lá!

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Olha o Bloco de Pedra,
vem quem quer brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

Chegou, chegou!
Chegou de lá…
Vai ter tambor, ó cambinda,
pra gente brincar.

About Guardian

All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined an chunks as necessary, making this the first true generator on the Internet. All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined Lorem Ipsum as their default model text, and a search for web sites.