Tag Archives: coco de umbigada

Home / Posts tagged "coco de umbigada"

A violência ainda não acabou!

Pois é, a violência no Coco de Umbigada de Guadalupe ainda não acabou! No dia 22 de janeiro publicamos por aqui um post sobre os problemas que o Coco de Umbigada tem enfrentado (veja o post anterior ) e no ultimo fim de semana aconteceu novamente:

Policia continua perseguindo a Cultura Popular no nosso país

” Olá a todos, que bom vê que ainda existe muita resistência do nosso povo !!!
Principalmente o da cultura popular, que diante de opressões, repressões
e preconceitos se mostram vivos e com muita força dentro dos movimentos comunitários”.
No ultimo sábado, dia 07 de Fevereiro, dia que acontece a tradicional Sambada de Coco, promovida por Beth de Oxum, há mais de 10 anos na comunidade, em Olinda, a cidade que  recebeu o título da 1a Capital Brasileira da Cultura, um triste episódio ocorreu.
Por volta das 22 horas se apresentavam o Grupo Cultural Coco de Umbigadinha, que estavam  tocando em comemoração ao Premio Ludicidade, premio promovido pelo Minc, que premiou  200 iniciativas no país que atuam com propostas sócio-cultural-artístico-educacionais que  assegurem os direitos das crianças e adolescentes ou que estejam envolvidos em parceria com

escolas, universidades públicas ou demais instituições com o objetivo de promover uma política  nacional de transmissão e preservação da Cultura da infância e da adolescência.
Quando em uma ação planejada chegaram mais de  30 policiais de coletes, fortemente armados,  como se tivessem lidando com marginais, tomaram os instrumentos das mãos das criança do Coco de Umbigadinha contra sua vontade, levaram o som do coco e ainda queriam levar Beth de Oxum presa, queriam leva-la a delegacia por manifestar a vontade da comunidade de cantar e dançar o coco de roda. Que policia é essa ?, que Estado é esse ?, e que política cultural estamos construindo
para o nosso país ?, precisamos colocar esse sentimento na rede, para dizer a todos da nossa  dor e da nossa indignação, por sermos um ponto de cultura que promove o pertencimento dessas  crianças com sua cultura, com sua cidadania.
Será que agente ainda esta vivendo uma ditadura militar nesse país, onde a policia arranca  instrumentos musicais de crianças, que junto conosco resgatam sua identidade e cultura afro brasileira e promovem alegria dentro da sua comunidade !!!
Eu sou Kalina Régia, coordenadora de tecnologia das ações desenvolvida pelo Ponto de Cultura Coco de Umbigada, trabalho junto com Beth a inclusão digital dessas crianças. Estou indignada com a postura da policia diante das manifestações populares, que contradição é essa !!!.
Será que retroagimos minha gente a 50 anos atrás, peço força a Beth, a sua família, as crianças, aos  mestres, a comunidade que assistiu a tudo e se mostrou solidária a nossa luta e a cultura popular  desse país para continuar lutando contra esses abusos de poder.
Beijos a todos e a Sambada de Coco Continua !!!

Ouça aqui o áudio ( tb enviado pela Kalina Regia para a lista da Rede Mocambos), da Beth falando na volta da delegacia.

É certo que o Coco de Umbigada não vai acabar porque ele conta com a força daquela comunidade  e com um apoio popular gigante, mas será que ainda temos que viver o tempo em que as as pessoas que brincam as manifestações populares de matriz africana precisam correr da polícia? Que crianças com tambores são abordadas por policiais da mesma forma como são abordados os criminosos? Que a polícia apreende  tambores  como fazia em todos os Xangos de Olinda e Recife no século passado? Será que a autoridade policial não percebe que o trabalho do Coco de Umbigada é inclusive uma parte importantíssima das ações de segurança publica e bem estar da comunidade do Guadalupe?

Coco de Umbigada: a violência e a volta por cima.

Foi com grande tristeza que li na lista da Rede Mocambos no mês Dezembro um email da Beth de Oxum do Coco de Umbigada em Guadalupe-Olinda-PE. Ela falava de um ato de covardia e violência durante a penúltima sambada:

“… em seguida volta, dando porrada em quem encontra e atira várias vezes a esmo, veio em minha direção me chamando de palavras de baixo escalão, falando que essa macumba tem que acabar, entrou na nossa tenda, quebrando seis microfones e agredindo todo mundo, inclusive a mim, me dando um murro na mão onde estava o microfone que eu falava. Nesta mesma hora fui tomada de indignação e peguei o único microfone que não havia quebrado e coloquei em alto e bom som que polícia é para quem precisa de polícia, e o que estávamos presenciando era um abuso de autoridade, e que uma pessoa com aquela reação não pode em momento algum portar uma arma, neste momento as pessoas me puxão pra dentro do ponto para que as balas não me acerte…”. Depois clique aqui para ler todo o texto da Bete.

Na ultima semana escrevi para ela pedindo notícias sobre a Sambada realizada no começo do ano dia 03/01, ela respondeu dizendo:

“… a Sambada do dia 03 de janeiro foi maravilhosa, fizemos um grande movimento pela paz e gritamos aos quatro cantos do mundo, NÃO A VIOLÊNCIA, na realidade desenvolvemos a campanha ;  DIGA SIM A SAMBADA DE COCO, DIGA NÃO A VIOLÊNCIA, vieram mais de 2 mil pessoas, todas na sintonia da cultura da paz e entendendo que os nossos terreiros, a matriz africana e as brincadeiras da cultura popular  tem um papel social importantíssimo, no pertencimento, na identidade negra e afro-descendente que temos e na difusão das brincadeiras populares…”

Eu não esperava resposta diferente dessa porque um trabalho de 10 anos não morre assim, mas confesso que fiquei emocionado! É essa força que faz das brincadeiras da cultura popular brasileira memória, história, alegria e paixão, renovadas a todo instante. Salve o Coco de umbigada de Guadalupe!

Veja o Blog do Coco de Umbigada

Ouça o Coco de Umbigada no myspace

Outro texto bacana sobre o Coco de Umbigada de Guadalupe

E: Beth tá feito e publicado o convite pra você fazer um Coco aqui em Sampa, vamos agilizar!

[youtube=http:http://www.youtube.com/watch?v=Zp6fe6eOBGI]

[youtube=http:http://www.youtube.com/watch?v=XifumwRnU2k]

About Guardian

All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined an chunks as necessary, making this the first true generator on the Internet. All the Lorem Ipsum generators on the Internet tend to repeat predefined Lorem Ipsum as their default model text, and a search for web sites.